SEARCH

A carregar...

30 julho, 2010

Classificação da linha do Tua faz parar obras da barragem

in Público, 29.07.2010


O Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (Igespar) aceitou a petição assinada por cerca de cinco mil pessoas para a classificação da Linha do Tua como Património de Interesse Nacional. A petição foi entregue a 26 de Março e mereceu agora parecer favorável do Igespar, que abriu um processo de classificação, o que implica a suspensão de obras na linha.

Para já, ainda não decorrem trabalhos, mas a EDP abriu na semana passada um concurso para a construção da barragem de Foz Tua, cujos trabalhos prevê começar até Dezembro. Quando concluída, a barragem vai inundar parte da linha do Tua. A publicação do aviso de abertura do processo de classificação, por parte do Igespar, deverá ser publicado em Diário da República nos próximos dias.

Em comunicado, os subscritores da petição consideram que "a Linha do Tua merece a classificação como Património de Interesse Nacional, não só pelo papel histórico que desempenhou e pela obra-prima de engenharia portuguesa que constitui, mas também, e ainda, como exemplar único do património ferroviário e industrial do nosso país". Os requerentes consideram ainda "que este património tem elevado potencial para o desenvolvimento turístico para a região e que tem que ser preservado e valorizado".

José Silvano, presidente da Câmara de Mirandela, considera que a suspensão das obras é uma "boa notícia" e mostra-se incrédulo com o concurso de construção da barragem, "quando ainda decorre um processo de consulta pública até 9 de Setembro do Relatório de Conformidade Ambiental do Projecto de Execução".

O processo de classificação da linha do Tua será agora apreciado por um conselho consultivo do Igespar.

Até ao fecho desta edição não foi possível obter um comentário da EDP sobre esta matéria.